8 de dez de 2016

NOITE ANTROPOFÁGICA NA 11ª ALDEIA SESC GUAJAJARA DE ARTES


Fazendo jus ao tema da 11ª Aldeia Sesc Guajajara de Artes, “Uma Aldeia Antropofágica”, não poderia faltar na programação uma noite voltada exclusivamente para a antropofagia! Nesta quarta (07/12),  a Fonte do Ribeirão foi palco de uma festa repleta de atrações que deram brilho e presentearam ao público que compareceu com performances excepcionais.

Iniciando a noite, Gê Viana/MA veio agitar com a “Discoteca Bregagem”, músicas de batidas marcantes que já começaram a deixar o público no clima. Continuando a programação, o grupo musical maranhense Cofo de Parafernalha com o show “Muntuêra Gambiarra”, trouxe em  suas letras de cunho social e seu som, um rock misturado com ritmos africanos e maranhenses, que atraiu a atenção de pessoas que ali passavam e até mesmo ficaram pra prestigiar o som da banda. Durante a apresentação da banda, Vinícius Viana em sua indumentária composta de folhas secas e uma camada de argila sobre o corpo bailava de forma graciosa em performance “Ponto de FleXa”,em paralelo o Coletivo Residência 05/MA exibia a videoperformance “Cazumba Cajueiro” nas paredes da Fonte do Ribeirão. 

Encerrando a noite antropofágica as artistas da Cia Nha Caboca realizaram uma apresentação que envolvia recitação, participação do público e até mesmo fogo com a apresentação de “Madalenas”, que exortou a reflexão do papel feminino.

Lembrando que a 11ª Aldeia Sesc Guajajaras de Artes no dia 08/ 12 tem o OVER 12h que finaliza o evento. 

Aproveita que é feriado e aparece por lá, a noite na Nauro Machado tem show com a banda Soulvenir.


Texto: Ascom Aldeia